Cai de seis para duas as unidades de saúde 24 horas, em Santarém

Somente as vilas de Alter do Chão e Curuai continuam com UBS 24h. Outras quatro da zona urbana, agora passarão a ter atendimentos pela manhã e tarde.

A informação que Prefeitura de Santarém, no oeste do Pará, estaria tomando providências para acabar com as unidades básicas de saúde 24 horas, deixou muita gente preocupada e foi pauta de reunião do Conselho Municipal de Saúde, na quinta-feira (16). Mas, por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), informou que o serviço 24 horas será mantido em duas unidades.

Apenas as UBS’s de Alter do Chão e Curuai permanecerão atendendo 24 horas devido à distância da zona urbana. Outras quatro, localizadas na zona urbana de Santarém passarão a funcionar somente pela manhã e tarde.

Segundo a Semsa, apesar da medida, a população não ficará desassistida. As UBS’s dos bairros Nova República e Santarenzinho disponibilizarão atendimento médico nos horários da manhã e tarde. Já as unidades dos bairros Caranazal e Livramento irão funcionar normalmente na categoria de unidade básica de saúde.

Com essa mudança, a Semsa estima que o município passará a economizar por mês, cerca de R$ 270 mil do tesouro municipal, que serão investidos em compra de medicamentos e insumos para o Hospital Municipal e Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h).

Médicos na UPA

A Semsa acredita que o número de atendimentos na UPA 24h vai aumentar por conta da mudança nas unidades que até poucos dias atrás funcionavam 24 horas. E para dar conta da demanda, a UPA passará a contar nove médicos, três a mais que o quadro atual.

A orientação da Semsa é para que todos os casos de urgência sejam direcionados à UPA 24h, que está preparada e equipada para atender urgência e emergência. Os casos mais graves serão encaminhados ao Pronto Socorro Municipal (PSM). A UPA 24h fica na Avenida Curuá-Una, bairro Diamantino.

Fonte G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *