Taxista é baleado por passageiro que não quis pagar corrida em Santarém

Lucio Fábio foi atingido no peito e mesmo baleado conseguiu dirigir até o Pronto Socorro. Caso aconteceu na avenida Cuiabá, próximo à Borges Leal.

Um taxista foi baleado na noite de sábado (26) em Santarém, oeste do Pará. O suspeito de efetuar um disparo com arma de fogo na vítima é um passageiro que não quis pagar a corrida. O projétil está alojado no peito da vítima que está internada no Hospital Municipal.

A vítima identificada como Lucio Fábio Ferreira da Silva contou que pegou duas mulheres e um jovem na praia do Maracanã. O jovem pediu que o taxista os levassem para um motel, porém as mulheres se recusaram a ficar no local e desceram na avenida Cuiabá, próximo à Borges Leal. O homem seguiu no carro com o taxista.

Ainda de acordo com a vítima, o suspeito pediu que o taxista o levasse até a área da Sudam, no bairro Salé. Neste momento, Fábio começou a desconfiar que se tratava de uma possível emboscada, já que o destino solicitado inicialmente era o Porto da Praça Tiradentes.

O taxista falou com o passageiro que seria melhor encerrar a corrida e acertar o valor que estava descrito no taxímetro. O suspeito se aborreceu com a cobrança, sacou a arma e disparou com objetivo de acertar a cabeça de Fábio, mas a arma falhou.

Ao G1, Fábio contou que o homem conseguiu atirar no peito dele e mesmo baleado conseguiu tomar a arma do homem que fugiu. “Ele deu um tiro, e no segundo eu ‘voei’ em cima dele, por que se ele ficasse com a arma teria me dado vários tiros, com certeza. Tomei a arma dele e minha vista foi apagando, mas eu ainda consegui chegar dirigindo até o Pronto Socorro”, contou.

Fábio conseguiu dirigir até o Pronto Socorro, onde está internado com o projétil alojado no peito. Familiares disseram ao G1 que a bala está se movendo no corpo da vítima, que está consciente. Em publicação em uma rede social, Fábio agradeceu as orações e apoio recebido desde o ocorrido. O caso foi registrado na 16ª Seccional de Polícia Civil.

Blog Santarém news

Com informações do G1 Santarém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *