Equipe realiza resgate de criança com sintomas de desidratação em comunidade de Santarém

Uma equipe de saúde composta por um médico, um técnico em enfermagem e dois enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizaram o resgate de uma criança na comunidade Nova Sociedade, no Rio Arapiuns, em Santarém, no oeste do Pará, que precisava de atendimento imediato. O caso ocorreu na noite de quinta-feira (7). Raira Santos da Silva, de 8 meses de idade, estava com sintomas de desidratação.

A equipe saiu de Santarém por volta das 20h30 e retornou por volta da meia noite. De acordo com o enfermeiro Itamar Aguiar, por causa do horário, eles foram em uma lancha cedida pelo próprio médico que coordenou o resgate, Erick Jennings. Segundo ele, a situação da criança não podia esperar, então eles partiram imediatamente.

“Ela já estava há dois dias na situação de desidratação e isso pode matar rápido se não houver atendimento. A nossa lancha é muita pequena para navegar a noite, então fomos na lancha do médico. O tempo estava ruim. Havia muito vento, maresia no Rio Tapajós”, explicou.

A família chegou a levar a criança ao posto de saúde da comunidade, mas pelo fato de no local não haver muitos recursos, segundo o enfermeiro, foi necessário contatar a equipe em Santarém. O médico Erick Jennings, por conhecer a família, juntamente com os demais profissionais, foram imediatamente até a comunidade.

A criança recebeu os primeiros atendimentos ainda na comunidade e teve o diagnóstico inicial de desidratação. Segundo Itamar, ela estava com sintomas de diarreia, febre e vômito. A criança foi levada para o Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo (HMS), onde está internada.

G1 solicitou nota sobre o estado de saúde da criança e aguarda resposta.

Fonte G1 Santarém PA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *