Polícia prende suspeito de ter matado taxista em Santarém

Foi preso pela Polícia Civil na cidade de Juruti, na manhã da última terça-feira (19), transportando 5 kg de drogas, juntamente com duas mulheres, o elemento Ceará. Segundo investigações da Delegacia de Homicídios, Ceará é apontado como suspeito de ter matado Paulo Correia da Silva “Paulão”, de 42 anos, juntamente com o taxista Erinaldo Fernando Ferreira de Sousa, conhecido por Naldo, 49 anos, cujos corpos foram encontrados no quintal de uma residência no bairro do Maicá, em Santarém, oeste do Pará.

As duas vítimas desapareceram após uma corrida de taxi na noite do dia 13 de outubro de 2018 e seus corpos foram encontrados no final da tarde de segunda-feira, dia 15 de outubro, em uma área localizada por trás do bairro Jaderlândia, no final da Rua Cinco Irmãos, no bairro do Maicá. Os corpos estavam enterrados em uma cova rasa, no quintal de uma casa abandonada. Segundo a Polícia, os dois foram mortos a tiros e estavam amarrados.

De acordo com a família, o taxista atendeu uma ligação minutos antes de sair de casa para trabalhar, no bairro Jardim Santarém. Era por volta das 19h30 de sábado, quando Erinaldo se despediu da família e ninguém conseguiu contato com ele. Naldo trabalhava no ponto de taxi da Praça Tiradentes. O veículo do taxista foi abandonado próximo à Comunidade de Mutunuy, região da PA-370.

O delegado da Polícia Civil, Dimitri Teles Esmeraldo, irá solicitar a oitiva de Ceará junto a Especializada de Homicídios em Santarém, pois tem mandado de Prisão Preventiva expedido pela Comarca de Santarém.

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *